quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

CARNAVAL RETRÔ





E a festa de momo acabou. Em muitos municípios ela nem existiu devido a crise no país e sabiamente alguns prefeitos resolveram investir em outros serviços mais essenciais a população. Não gosto de carnaval e talvez não seja a pessoa mais indicada  a comentar, mas oque vimos em muitos lugares  foi uma festa com blocos esbanjando alegria nas antigas marchinhas. O carnaval a  muito perdeu sua verdadeira essência. As escolas de samba "sedentas" por dinheiro público, esquecem do legado cultural deixado pelo passado. O erotismo exagerado na avenida, uma total falta de respeito em vários sentidos já que é uma festa familiar. Deste tipo de carnaval prefiro ficar distante.