quarta-feira, 1 de outubro de 2014

MUNDO VIRTUAL

Vivemos em um mundo cada vez mais distante da realidade, as pessoas preferem muitas vezes o mundo virtual , ligadas em seus celulares, seja em que lugar for. Não se namora mais como antigamente, não se conversa, não se anda de mãos dadas porque elas estão ocupadas com as teclas do celular. A cadeira de balanço na varanda onde se apreciava o movimento das pessoas foi trocada por uma mais sofisticada com massagem e claro lá esta o bendito celular. Dia destes em uma lanchonete presenciei uma cena bizarra : pai e mãe sentados,o café esperando para ser tomado,mas com celular nas mãos teclando não sei pra quem e o mais triste o filho sentado a frente dos dois sem ao menos ter o carinho dos pais, uma conversa um olhar sequer. E assim caminha a humanidade. Por isto valorizo a cada dia as coisas mais simples da vida, quando me perguntam se tenho o bendito whatzap ( nem sei se a escrita esta correta ) digo que não o conheço e nem quero. Não sou apegado a tecnologias, e não venham me dizer que são necessárias, porque nós de mais idade não nascemos e não crescemos com elas. Hoje meu 'livro de caras" ( facebook ) é restrito a amigos e parentes todos de fora da minha cidade ( é uma opção minha ) nem meu filho esta porque o contato com estas pessoas já tenho diretamente no dia a dia e não é e nem quero que seja virtual.